Como vender serviços de SST para órgãos públicos

21/02/2024

Como vender serviços de SST para órgãos públicos

Vender seus serviços de SST para órgãos públicos - sejam eles municipais, estaduais ou federais - pode ser muito lucrativo para sua empresa


Como vender serviços de SST para órgãos públicos

 

Vender seus serviços de SST para órgãos públicos - sejam eles municipais, estaduais ou federais - pode ser muito lucrativo para sua empresa. Mas, para isso, você precisa conhecer todo o processo que envolve a venda para o governo, principalmente sobre licitação.

 

Neste texto, trazemos  um passo a passo para você conhecer todo o processo de compra do órgãos públicos e poder ter uma boa  renda com este serviço. 

 

Como funciona o processo de compras e quem pode vender para o governo?

 

Qualquer compra efetuada pelo poder público (obras, compras, alienações ou serviços) é feita através do processo de licitação, que busca garantir igualdade de condições a todos os concorrentes.

 

Cada processo licitatório tem o seu próprio edital, que é publicado nas páginas da internet de cada órgão. Fique atento à seção de licitações dos sites!

 

Qualquer um pode vender para o governo: seja você MEI, ME, EPP ou demais modelos de companhias, há sempre a possibilidade de iniciar essa transação. Além disso, todo o processo licitatório da compra de um bem ou contratação de um serviço é feito via pregão eletrônico, o que garante  igualdade de oportunidade para todas as empresas.

 

Mas, para participar dos processos licitatórios, é preciso que a empresa tenha todos os documentos legais exigidos em ordem.

 

Dicas de como vender para o governo

Vender para o governo não é difícil. Basta estar por dentro de como funcionam os processos licitatórios e se inscrever.

 

Mas, para te ajudar a vender seus serviços de SST, fique atento a algumas dicas importantes: 

 

Tenha sempre a sua documentação em dia: o primeiro passo é ter toda a documentação precisa e correta para que quando a sua hora chegue, você não tenha problemas para finalizar o processo. Um dos pontos de maior atenção é não ter nenhuma dívida ativa, ou seja, é preciso ter a certidão negativa de débitos para comprovar essa situação.

 

Avalie o valor pago pelo governo em licitações similares: mantenha-se  atento a outros processos de licitação que resultam na compra de um um serviço similar ou concorrente ao seu. Sabendo quanto o governo já pagou para outras empresas fornecerem o mesmo serviço, fica mais fácil elaborar um preço que seja competitivo.

 

Avalie os prazos de pagamento: Não vá vender para o governo pensando que vai receber logo no dia seguinte e que suas contas estão todas pagas. Para vender para o governo, é necessário estar com as contas em dia, pois o pagamento pode vir somente depois de 30 dias ou mais depois da entrega do serviço. Portanto, avalie se os prazos de pagamento do governo estão dentro do seu orçamento para evitar dores de cabeça.

 

Esteja atento aos Editais de Licitação: olhe sempre os sites dos órgãos públicos que você tem interesse em vender seus serviços de SST. Você pode, ainda, fazer cadastros em sites de alertas de licitações. 


Compartilhe essa postagem

Entre em
contato

Para melhor atendermos você, informe:

*Ao preencher o formulário, você concorda com a nossa Política de Privacidade.